24/07/2018

Resenha: Por favor odeie-me

||


*E-book cedido pela editora parceira*
Classificação: 3 ⭐


Lavínia e Connor são lindos, jovens e casados, mas nem por isso formam um casal feliz. Eles casaram depois de descobrir sua gravidez, mas aos poucos foram percebendo que talvez não tenha sido a melhor ideia. Depois do aborto espontâneo, isso ficou ainda mais evidente, principalmente pro Connor que vivia traindo a esposa descaradamente e ofensivamente. Lavínia mesmo ciente dessa situação continua apaixonada pelo marido, mas decidida a provar a ele que ela consegue odiá-lo.

O livro é bem curto e a autora constrói bem seus personagens complexos e inseguros. Mas prefiro enxergar Por favor odeie-me como uma análise de um tipo de relacionamento amoroso. E explico porquê. A relação criada nessa história é muito distante da minha e do que eu acredito, e a autora soube criar tão bem os personagens que se eu encarar como um romance, vou apenas odia-los com todas as minhas forças. Então o título do livro teria surtido efeito sobre mim rs. 

Isso não tira o mérito do livro, de forma alguma, é só um modo de encara-lo para tentar entender melhor as atitudes dos personagens.
Aqui podemos ver um relacionamento nocivo e cheio de rancor e como o amor ou uma cega paixão acaba andando lado a lado com esses sentimentos ruins. Connor diz que ama Lavínia mas mesmo assim a machuca com suas atitudes, Lavínia diz que ama Connor, mas sem se amar primeiro e se colocando numa situação miserável sem necessidade. 

Por favor odeie-me me fez pensar em como há pessoas que se mantém em situações tão absurdas por conta de um sentimento que consideram amor. Em como elas podem ferir a si próprias de uma forma tão cruel.

Será que o amor irá prevalecer? Amor e ódio sempre andam juntos? Vocês podem conferir essa história, que mesmo curta conta com uma pequena reviravolta, clicando aqui e adquirindo seu livro.





2 comentários:

  1. Nossa!!!
    Essa história se parece muito com a história de vida de um ex colega de trabalho. Alguns acontecimetos similares. (Alê. Leia a historia da sua vida amorosa). 😂😂😂😂
    Adorei a resenha Nati. O livro parece ser bem interessante. Diferente de muitos.

    😘😘😘

    ResponderExcluir

© Blog Ei Nati - 2016. Todos os direitos reservados.
Personalizado por: Natália Rabelo - Ilustrações por: Pedro Figueiredo Ilustrador
Tecnologia do Blogger.