19/02/2019

Aranhaverso já é a melhor animação de 2019?

||

Com quase dois meses após a sua estreia nos EUA, Homem-Aranha no Aranhaverso já conquistou inúmeros prêmios como Melhor Filme de Animação nos Critic's Choice Movie Awards, Golden Globe Awards e indicado ao Oscar desse ano na mesma categoria. Aqui no Brasil, o filme estreou no dia 10 de janeiro e arrecadou quase 6 milhões de bilheteria (daqui). Só pelos números e prêmios já percebemos que foi um enorme sucesso, mas será que Homem-Aranha o Aranhaverso já pode ser considerado a melhor animação de 2019?

Me lembro de ter assistido ao trailer pela primeira vez ano passado, em uma das vezes que fui ao cinema e fiquei completamente deslumbrada e sem entender muito bem o que estava acontecendo, pois apesar de já saber sobre Miles Morales, até então, eu não sabia que iria sair um filme sobre um multiverso envolvendo o personagem.



O filme é focado em Miles, um garoto negro e latino que tenta se encaixar na escola nova, filho de policial, mas que é super ligado a arte e ama grafitar. Num desses grafites, acompanhado do seu tio, ele acaba sendo picado por uma aranha radioativa e ganhando os poderes tão conhecidos pelos fãs do Homem-Aranha. A grande diferença dele pro Peter Parker, é que Miles não está sozinho, e vai ter o apoio e até mesmo uma certa instrução do Peter de outra dimensão, além da Spider GwenHomem-Aranha Noir, Peter Porker e Penny Parker, todos os aranhas de universos paralelos.

Miles Morales surgiu nos quadrinhos em 2002 pelas mãos de Sara Pichelli e Brian Michael Bendis, no universo Ultimate da Marvel, mas ele foi tão bem recebido pelo público que foi inserido no Universo Marvel tradicional em 2015.

Para quem, assim como eu, ainda não o acompanha nos quadrinhos e viu somente nas telonas, dá pra perceber o quanto é um personagem interessante, carismático e com conflitos muito pertinentes a nossa época.

Eu amei ver a interação do Miles com os outros aranhas, vê-lo com medo e sem saber o que fazer, mas assim mesmo enfrentando as dificuldades e crescendo. É um personagem cativante  e que dá vontade de ver muito mais dele.

Além disso, foi bem diferente acompanhar um Peter Parker mais experiente, mais desestimulado, mas mesmo assim pronto pra ajudar a qualquer um, ao ponto de se sacrificar se fosse preciso. Outro destaque super positivo em se tratando de personagem foi a Spider Gwen. Já quero ver muito mais dela nos cinemas!
Pra falar a verdade, todos os personagens são muito bem construídos, em todos você consegue entender os motivos, até mesmo do vilão.

Agora, falando do filme em si. Ele merece todos os louros. É um filme super bem produzido e diferente de tudo que já vi. Parece que as páginas das histórias em quadrinhos se transformaram em filme, eu olhava aquilo naquela tela enorme e só conseguia ficar boquiaberta com tamanha beleza dos gráficos, do realismo apresentado, das cores, grafismos, onomatopeias, expressões, tudo saído direto das páginas, ou tudo saído direto da mente de uma criança que passou a infância lendo quadrinhos e sonhando com algo assim.

Homem-Aranha no Aranhaverso é um filme mágico. Que nos transporta direto das páginas a conhecer outros universos daquele personagem que tanto gostamos. A música complementa as cores, que complementam a fotografia. O filme é leve, divertido, cheio de ação e também cheio de emoção e aprendizados (detalhe pra cena da aparição do Stan Lee).

É um filme todo trabalhado nos pequenos detalhes, onde até as músicas mudam de acordo com a ação de cada "aranha" dos universos diferentes, todo o estilo de animação é diferente em cada um deles.

Apesar de ter assistido até agora apenas dois filmes de animação, não tenho dúvida que Homem-Aranha no Aranhaverso já é a melhor animação de 2019, e é o meu favorito pra levar a estatueta do Oscar nessa categoria.



3 comentários:

  1. Eu não li muitos quadrinhos do Spider. Mas minha irmã sim e acaba me contando as coisas, por isso já conhecia bem o Morales antes de ver ele na tela. Inclusive tem o desenho do Ultime Spider Man que na última ou penultima temporada é todo do Aranhaverso e tem todos esses spiders do filme tambem (o desenho é bem infantil e pessoalmente achei meio massante, mas minha irmã viu tudinho e eu vi uns pedaços, vale a pena pelas referências aos quadrinhos). Eu vi o trailer no cinema também. Mas já sabia dele por (de novo) minha irmã contou( ela ama demais o Spidey bicho), ela foi numa feira de brinquedos, dessas de lançamentos dar marcas, a meses atrás e viu lá os bonecos desse filme, infelizmente no fim das contas eram prototipos que não foram lançados. Eu achei esse filme maravilhoso, e já to esperando as sequencias, a cena pós créditos! Meu Deus! Amei demais! Eu fiquei quase sem esperança no Oscar, Disney sempre levava mesmo não merecendo, fiquei muito feliz da vitoria ter sido do Spidey.

    Bites!
    Tary Belmont

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nati!
    Eu conhecia o Miles, mas confesso que só dos outros falarem, nunca li a HQ dele. Vi tantas opiniões positivas sobre a animação que, com toda a certeza, é a que mais estou animada para assistir. Ainda não consegui conferir ao filme, mas já sinto que será uma experiência única e que a representatividade - tanto do personagem principal negro como também da Spider Gwen - irá me conquistar profundamente.

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Nati!
    Ainda não consegui parar e assistir a animação, mas por todos os elogios que já ouvi e li, tenho certeza que mereceu cada prêmio que ganhou.
    Achei o máximo que o filme tenha conseguido representar diferentes pessoas, e até porquinhos (hahaha).

    ResponderExcluir

© Blog Ei Nati - 2016. Todos os direitos reservados.
Personalizado por: Natália Rabelo - Ilustrações por: Pedro Figueiredo Ilustrador
Tecnologia do Blogger.