As figuras paternas de Harry Potter

08 setembro


Dia 01 de Setembro passou e não consegui fazer nenhum post especial sobre a volta as aulas de Hogwarts (a vida tá uma loucura por aqui), por conta disso, resolvi recuperar esse post perdido e esquecido que havia sido postado há dois anos atrás, na época em comemoração ao Dia dos Pais. Mas como foi uma postagem que me encheu de orgulho em fazer, (lembram que falei sobre orgulhar-se aqui?) achei que era justo trazê-lo a tona para que vocês possam lê-lo novamente e também deixar seus comentários.

Então...

Hoje vamos falar um pouco sobre algumas figuras paternas que o Harry teve ao longo da história, mesmo não tendo o seu pai, James Potter. Essas figuras vieram naturalmente por amigos, professores e padrinho.

Hagrid



A primeira figura paterna, cronologicamente falando e um dos mais injustiçados nesse posto é o Hagrid. Rubeo Hagrid foi quem levou Harry ainda bebê na Rua dos Alfaneiros, nº4. Foi quem lhe deu a notícia de que era um bruxo e que iria frequentar Hogwarts. Foi quem o acompanhou nas compras pro primeiro ano da escola, foi quem lhe presenteou com Edwiges e foi um amigo fiel de Harry, Rony e Hermione durante todo o tempo. E no fim, numa das cenas mais emblemáticas dos oito filmes, quem carregou Harry foi ele, nosso meio-gigante preferido. Por Hagrid ser um pouco desligado e muito ingênuo, alguns não o veem como uma figura paterna pro Harry, mas sim como um irmão mais velho. Mas ser visto como um irmão mais velho não é demérito algum, muitos são criados por seus irmãos mais velhos. Acredito que Harry nunca tenha o visto como um pai, por ele sempre estar metido em alguma confusão, e ter esse jeitão parceiro desligado que só ele tem.



Dumbledore


A segunda figura e provavelmente mais importante, com certeza é Dumbledore. O professor e diretor sempre foi uma presença muito forte na vida do Harry, tanto que desenvolveram uma amizade e lealdade muito forte por parte do garoto. Lealdade essa que foi demonstrada em vários momentos da saga. Apesar de Dumbledore manter a distância em alguns momentos, afinal ele era o diretor da escola e não podia mostrar publicamente sua preferência por ele, sempre esteve ali dando conselhos pontuais e importantes na formação de caráter do garoto. Harry sempre o viu como alguém que pudesse contar e proteger em todas as situações. 

Arthur


Arthur Weasley é provavelmente a figura de pai mais comum a nós meros mortais. Aquele homem de bem que trabalha arduamente pra dar o sustento de uma família de sete filhos. Tem um bom coração, é amável e carinhoso com a esposa e sempre está disposto a ajudar. Ele e Molly praticamente adotaram Harry como filho. Os enchem de amor e cuidado, além de cama quentinha e comida fresquinha quando ele está na Toca.

Lupin


Mais uma presença de um amigo, mas não menos paterno por isso. Lupin é provavelmente um dos professores preferidos de todos os alunos de Hogwarts e de nós fãs também. Ele estava sempre disposto a ajudar com muita paciência. É um bom amigo, leal, justo. Mesmo enfrentando a licantropia, Lupin não deixava de ajudar os amigos, incluindo Harry, a quem ensinou a conjurar o feitiço do Patrono. Harry ainda foi escolhido como padrinho do filho de Lupin e Tonks. O fato de Lupin ter sido muito amigo de James Potter, também o aproximou de Harry.

Sirius


A figura paterna que Harry mais considerava como tal, seu padrinho Sirius Black. Depois de descobrir a verdade sobre Black e que ele era o melhor amigo do seu pai e também seu padrinho, o sonho de Harry ter uma família e um lar pra chamar de seu, finalmente estava ali diante dele. Por conta disso, o menino se apegou tanto a Sirius e sempre recorria a ele em momentos de incertezas. Infelizmente, e sem motivo algum, essa relação tão bonita foi tirada de Harry da forma mais banal e estúpida que teve nos livros. 


Como podemos ver, Harry foi cercado de bons homens que o ajudaram e apoiaram em vários momentos de sua vida e que, de certa forma, ajudaram a formar o homem que Harry Potter se tornou.




Posts relacionados

6 Comments

  1. Sirius!!! Ai ai rs
    Assim, eu já li todos os livros, vi todos os filmes. Mas só há uns dias, consegui comprar todos os livros e estou extasiada com isso. Sabe o realizar um sonho?? É mais ou menos tudo isso!!!
    Pretendo muito rever os filmes também rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Que graça! Não tinha visto o post antes. A vida do Harry foi muito triste e apesar do pai ter sido tirado dele tão cedo, realmente, ele foi cercado de bons homens/exemplos. De todos, o Lupin é o único que eu não havia visto dessa forma "paterna" antes.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Nunca li Harry Potter e nem vi os filmes (sim, eu sei que preciso fazer isso kkk) mas obviamente é impossível não ouvir falar de Hp ou não ter alguém próximo que seja da saga. Recentemente uma amiga me falou um pouco sobre a vida do Harry e confesso que a história com o Hagrid me deixou com o coração quentinho e com vontade de ler

    ResponderExcluir
  4. Que post lindos!
    Eu ainda não li os livros, mas já assisti alguns filmes e super concordo que Hagrid esteja entre as figuras paternas de Harry. Dumbledore também.
    Preciso conhecer esse universo melhor.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Nati!
    Como eu comecei a acompanhar as postagens do blog esse ano, não tinha visto essa postagem, estou vendo pela primeira vez agora... E nossa, quantas coisas Hagrid fez pelo Harry, não tinha percebido a presença constante dele na vida do Harry quando assisti aos filmes...
    Também não me conformo pelo que aconteceu com o Sirius, foi mesmo muito sem sentido 🙁😢
    Enfim, amei o post! Bjos

    ResponderExcluir
  6. Legal esse post, para quem é fã de Harry Potter deve ter gostado muito em relembrar esse lado paterno dos filmes. Para mim que acompanhou bem pouco, admito que boiei um pouco, mas gostei do que li.

    ResponderExcluir