20/06/2018

Geração Manchete e os animes da minha infância

||


Eu nasci no final dos anos 80, então a maior parte da minha infância foi nos anos 90. E me orgulho em dizer que faço parte da Geração Manchete!

Para quem não sabe, Rede Manchete foi um canal que durou de 83 até 99, quando já a beira da falência e depois de muitos anos conturbados de crise financeira, foi vendida para os donos da Rede TV! Na época, além de fazer grande sucesso com novelas, transmissão do carnaval carioca, apresentar artistas que hoje são sucesso na tv, a Manchete foi responsável pelo grande boom dos animestokusatsu(filmes/séries de heróis, com efeitos especiais, como Ultraman e Godzilla). Apesar deles já fazerem sucesso no Japão há vários anos, foi só nos anos 80/90 que chegaram aqui no Brasil. Esses desenhos e filmes acompanharam o crescimento de uma geração inteira, e formou muitos nerds. E é um canal que faz falta até hoje.

- os animes da minha época -


Eu adorava assistir os desenhos que passava na Manchete, mas o que eu gostava mesmo era dos animes e é deles que vou falar um pouco agora. Não me lembro muito de todos, pois a maioria eu assisti há muitos e muitos anos rs, somente um que assisti de novo recentemente.
http://gifgifs.comComeçando por Super Campeões. Um anime de futebol. E o mais legal era que os jogadores sempre davam um chutaço violento que furava a rede, ou acertava uma árvore. Eu que gostava de esporte desde pequena, isso me fazia parecer ser muito fácil jogar bola, como se fosse só chutar pra frente sem medo de ser feliz haha. Parece, inclusive, que no Cartoon Network está passando uma nova versão do anime, por conta da Copa do Mundo da Rússia. Em seguida, um que também lembro pouco mas lembro que gostava muito era Samurai Warriors. Uma equipe de guerreiros samurais. Que eu gostava muito pois era um anime de luta e me lembrava Cavaleiros do Zodíaco. Na verdade tudo que me parecia um pouco "filhote" de Cavaleiros já fazia meu coração bater mais forte e ter curiosidade de assistir. Esse é o anime que menos me recordo, inclusive preciso procurar pra assistir novamente. Um dos animes mais importantes daquela época e com certeza despertou o interesse de muitas garotas para o mundo otaku, foi Sailor Moon. Na verdade, os direitos de transmissão desse anime só foram adquiridos (juntamente com Samurai Warriors e Shurato) depois do sucesso estrondoso de CdZ. A primeira temporada, que foi a que me recordo de ter mais assistido, foi dublada pelo icônico estúdio Gota Mágica. O anime é divertido, fofo e cheio de força. É difícil ter alguém que não goste ou ao menos não conheça Sailor Moon.

http://gifgifs.comAcho que se fosse pra rankiar, o segundo lugar de animes preferidos da infância seria do Shurato. Esse eu assisti umas duas vezes, apesar da segunda também já ter alguns anos. Mas eu amava! Adorava a força que o Shurato tinha sem nem mesmo perceber; o seu bom coração, sua vontade de salvar seu amigo Gai. E eu gostava muito como o desenho se relacionava com a mitologia hindu. Inclusive a música de abertura brasileira, tá aqui tocando na minha mente agora. Shurato foi o último anime nessa leva de "cópias" de Cavaleiros. Mas o brasileiro da Geração Manchete não se importava muito com isso, pois ele também fez muito sucesso por aqui. Mas, como vocês já devem imaginar a essa altura, o anime da minha vida foi e sempre será Cavaleiros do Zodíaco! Foi nesse anime que eu me apaixonei por lutas marciais e também onde tive meu primeiro crush, o Shiryu. CdZ foi uma febre! Eu e meu irmão tivemos álbum de figurinha e um boneco do Shiryu fabricado pela Bandai(infelizmente não o tenho mais aqui e é uma pena). Cavaleiros também foi o primeiro longa que assisti no cinema. Sabem o quanto isso é marcante pra uma criança? Esse anime fez uma legião de fãs que até são saudosos e querem ver mais deles. Que colecionavam as revistinhas Heróis, que aprenderam a desenhar, decalcando os personagens. Que saiam da escola e iam direto pro sofá da sala comer biscoito assistindo o anime. Um anime violento e sem censura, mas que nos ensinou muita coisa, como o poder da amizade, não desistir jamais... Recentemente, eu assisti novamente a Saga do Santuário e pude assistir outras sagas que até hoje não tinha visto. Que maravilha! A nostalgia voltou com força total, só isso que posso lhes dizer haha. Se vocês quiserem saber um pouco mais sobre Cavaleiros do Zodíaco e como foi a transação comercial na época, dublagem e outras informações, eu indico esse excelente vídeo do canal Você Não Sabia? Foi um dos melhores materiais em vídeo que eu achei sobre o tema.




Me contem nos comentários, vocês também são dessa época? Qual anime marcou a infância de vocês?



18/06/2018

3 lugares pra conhecer por conta dos livros

||


Uma das coisas que mais gosto nos livros é o fato deles nos transportarem pra outros lugares, nos fazerem viajar sem sair do lugar. É clichê, eu sei, mas é a pura verdade. Parece que quando lemos, dependendo do livro e da escrita do autor, conseguimos visualizar bem cada cenário, cada cidade. Ou alguns autores costumam falar tanto de determinado lugar, que já nos sentimos íntimos ou ficamos louco para conhecer de verdade, viajando fisicamente pra lá.

Sem falar daqueles lugares fictícios que enchem nosso coração de vontade de conhecer, como Hogwarts, Beco Diagonal, Hogsmeade, Nárnia, e por aí vai. Mas o foco do post de hoje são os lugares que existem na vida real (por falta de uma expressão melhor, pois sabemos que Hogwarts existe só os trouxas que não veem).

15/06/2018

15 ideias de posts para blogs literários

||

Eu havia dito aqui que queria falar mais sobre blogs e assuntos relacionados aqui no Ei Nati. Então, resolvi trazer uma pequena lista de sugestões de ideias para você que tem um blog literário mas está sem saber o que postar.
Não é uma lista muito grande, mas na hora do bloqueio criativo parece que a gente não consegue pensar nem nas coisas mais simples, por isso acho que vai ajuda-los. Algumas das ideias são de posts recorrentes como resenhas e leituras do mês, outras são de tags ou postagens que já fiz aqui no blog/canal ou que penso em fazer. E se vocês gostarem, quero trazer mais posts assim mais vezes. Na fanpage do blog, vão encontrar também uma publicação com 5 dicas para as páginas dos seus blogs literários no facebook. 

Se vocês usarem alguma dessas sugestões, não esqueçam de me mandar o link que vou adorar ver e comentar. E coloquem no post que vocês viram a ideia aqui, isso ajuda muito o Ei Nati <3


1- Resenhas


2- 5 livros mais bonitos da estante (veja parecido aqui)


3- 5 livros mais feios da estante


4- Leituras do mês 


5- 5 perfis literários pra seguir no instagram (veja aqui)


6- Livros que eu gostaria de ver no cinema


7- Tag das Princesas Disney (veja aqui)


8- Bookhaul mensal


9- 5 casais literários favoritos


10- Top 5 livros nacionais


11- Top 5 crushes literários


12- Tag The Name Game Book (veja aqui)


13- Tag Minha Vida Literária (veja aqui)


14- Livros que todo mundo leu menos eu


15- Tag dos 50%


Aguardo os comentários de vocês aqui embaixo com sugestões do que mais vocês querem ver por aqui. E não deixem de conferir as dicas lá na fanpage também. 

 ♥

13/06/2018

Resenha: O Ceifador de Anjos

||

Livro recebido em parceria com a editora Sekhmet.
Classificação: 3,5 ⭐

Christopher e Ramona são parceiros investigando crimes. Eles são chamados para as situações mais desagradáveis e para dar alguma solução a família das vítimas. Mas há um caso que parecia ter sido resolvido no passado, volta a atormenta-los, o caso do "ceifador de anjos". Um serial killer que mata fetos e consequentemente a grávida que o carrega em seu ventre.
Paralelamente a isso, há a linda relação de Vincent e Donna. Ele é um biomédico respeitado e competente, ela é professora universitária. Os dois são completamente apaixonados um pelo outro e tem uma relação de muita união e romantismo.
O que essas duas vertentes de história tem em comum? Vincent é o serial killer. Mas isso não é nenhum spoiler, pois fica bem claro na sinopse do livro e desde as primeiras páginas. O mistério que envolve é imaginar Donna vivendo ao lado desse homem sem desconfiar de nada, se os detetives conseguirão prender esse criminoso e porque Vincent está cometendo esses crimes.

Talvez essa seja uma das resenhas mais difíceis de escrever, pois não sei se conseguirei explicar exatamente o que pensar sobre esse livro, pois terminei a leitura com esse mesmo sentimento, " o que pensar sobre esse livro?" Mas tentarei contar-lhes um pouco do que achei.

08/06/2018

Os carros mais legais do cinema

||

Quando você pensa em carros nos filmes, provavelmente vem a sua mente algo como Velozes e Furiosos ou algum outro ligado a velocidade. Existem muitos filmes em que os personagens tem uma relação bacana com seu automóvel ou simplesmente o ajuda em alguma fuga ou vingança, mas também existem alguns que são fundamentais na história e alguns que são protagonistas de seus próprios longas.

O post de hoje é para falar de quatro carros que eu considero os mais legais do cinema. A escolha foi feita justamente pensando nesses veículos que são fundamentais no roteiro e conclusão dos filmes. (Mas teremos três menções honrosas no final) E já aviso que aqui não entrarão nenhum dos autobots de Transformers porque bem, eles são alienígenas e não carros, no máximo poderia colocar alguns em uma postagem sobre robôs(que eu quero fazer já há algum tempo mesmo).

------------

© Blog Ei Nati - 2016. Todos os direitos reservados.
Personalizado por: Natália Rabelo - Ilustrações por: Pedro Figueiredo Ilustrador
Tecnologia do Blogger.